Resultado online:

Entrar

Notícias


20. dez. 2017

A ciência da fome | Porque ficamos tão irritados quando ela chega.

Níveis muito baixos de açúcar no corpo são capazes de provocar certos transtornos de comportamento, como o estresse e a raiva. Essa sensação pode ocorrer com maior frequência quando passamos muito tempo sem comer,  já dizia o ditado “cara feia pra mim, é fome”.

Brad Bushman, professor da Universidade Estadual de Ohio, explica que o cérebro precisa de combustível na forma de glicose para controlar as emoções – e a raiva é uma das que são mais difíceis de regular.

“A fome é um sinal que o cérebro precisa de mais combustível. Quando o cérebro esgota todas as possibilidades de abastecimento, ele sente dificuldade em regular a raiva. É por isso que as pessoas tendem a ficarem irritadas quando estão com fome”.

Cadastre-se e receba as novidades do nosso informativo no seu e-mail: